NACIONAIS

Capacitação em Athis cresce para além do ambiente acadêmico

Aprofundar o conhecimento sobre a problemática habitacional brasileira com foco no contexto de desenvolvimento das cidades tem sido a proposta de diversos cursos e em diferentes níveis de capacitação oferecidos por plataformas privadas de ensino e universidades. O objetivo é instrumentalizar participantes para uma atuação voltada à habitação de interesse social (Athis), na perspectiva do direito igualitário à cidade e a partir das distintas arenas de atuação profissional.

No ambiente das universidades, com exceção dos níveis de Especialização e Extensão, muitas não possuem uma disciplina específica sobre o tema em nível de graduação em Arquitetura e Urbanismo, o que gera uma oferta de cursos em diferentes espaços, seja a partir de entidades de classe como sindicatos, conselhos de arquitetura dos estados e outras organizações de classe, e via plataformas privadas de capacitação, a exemplo do Sympla (www.sympla.com.br0 , que no ano passado promoveu mini-cursos da Athis no período de março a agosto.

A capacitação se torna relevante a partir da constatação de que mais de 85% dos brasileiros constroem e reformam sem qualquer orientação de arquitetos e urbanistas ou engenheiros, conforme levantamento divulgado pelo CAU/BR. Apesar da lei nacional (Lei Federal nº 11.888/2008, de autoria do arquiteto gaúcho Clóvis Ilgenfritz) que estabeleceu a Athis em 2008 prevendo a garantia de acesso gratuito de famílias de baixa renda ao trabalho técnico de profissionais especializados, a legislação ainda é pouco aplicada.

Outra iniciativa de capacitação vem da ONG Soluções Urbanas (http://www.solucoesurbanas.org.br/) , que neste ano abriu inscrições para a primeira turma dos cursos de Athis, com desconto de 30% aos arquitetos e urbanistas registrados nos CAU/UF e aos estudantes de Arquitetura e Urbanismo. Os cursos são independentes, mas complementares, e foram adaptados das oficinas e workshops ministrados pela arquiteta e urbanista Mariana Estevão, a partir da experiência da ONG  com o desenvolvimento e aplicação da metodologia do Projeto Arquiteto de Família.

Também a plataforma e-Pavilion  (https://www.e-pavilion.com/) mantém em sua grade permanente de cursos online um voltado exclusivamente à Habitação de Interesse Social com temática residencial. Através de estudos de caso que contam com mapeamentos, implantações, tabelas, fotografias e croquis, são abordados aspectos como identificação de demandas populacionais, planejamento, execução, legislação, diretrizes para projetos de urbanização e de edificação, instrumentos de avaliação de projetos e outros aspectos.

 

 

 

 

 

The post Capacitação em Athis cresce para além do ambiente acadêmico appeared first on FNA.