NACIONAIS

FNA celebra homenageados no Prêmio Lucio Costa 2021

Destacar profissionais e entidades pelo seu importante trabalho nas áreas de habitação, saneamento e mobilidade nas metrópoles brasileiras é o cerne do Prêmio Lucio Costa. A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados reconheceu, ontem (22/09), Jorge Hereda, Edson Aparecido da Silva, Mirella Prosdócimo, o Movimento de Mulheres por Moradia Orquídea, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Rio Grande do Sul (Sindiágua-RS) e o Instituto do Movimento Nacional pelo Direito ao Transporte Público de Qualidade para Todos (MDT) como merecedores desse reconhecimento.

De acordo com a presidente da Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA), Eleonora Mascia, é “de extrema importância termos o reconhecimento nacional de diferentes profissionais na luta pelo desenvolvimento urbano e por cidades inclusivas. Essa pauta também é nossa e nos mostra que é possível integrarmos políticas públicas no território quando todas as áreas trabalham em conjunto”. A Federação ainda destaca que todos os indicados são referências em suas áreas e parabeniza o reconhecimento e o merecimento da premiação.

Jorge Hereda, falecido em julho deste ano, foi um dos vencedores na Categoria de Habitação. O profissional atuou como 4º secretário da FNA de 1986 a 1989, foi presidente da Caixa Econômica Federal (CEF) de 2011 a 2015 e do Sindicato dos Arquitetos do Estado da Bahia (Sinarq-BA). Foi o primeiro Secretário de Habitação do Ministério das Cidades e trabalhou pela inclusão social e urbanização de áreas de vulnerabilidade com os programas “Minha Casa Minha Vida” e “Bolsa Família”.

O Prêmio Lucio Costa de Mobilidade, Saneamento e Habitação existe desde 2015 e, anualmente, reconhece três entidades e três personalidades que atuam na melhoria dos municípios brasileiros. Lúcio Costa foi um importante arquiteto e urbanista pioneiro na arquitetura modernista do Brasil. O mesmo é reconhecido mundialmente pelo projeto do Plano Piloto de Brasília. Conheça um pouco mais sobre os demais vencedores da edição de 2021.

ÁREA DE HABITAÇÃO
Jorge Hereda foi arquiteto e urbanista formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP). Em 2016, ele já havia recebido a homenagem do Prêmio Lucio Costa de Mobilidade, Saneamento e Habitação no Congresso Nacional e em 2007 foi vencedor do Prêmio FNA.

Movimento de Mulheres por Moradia Orquídea é uma entidade de Manaus (AM) que luta pelo direito à moradia e igualdade de gênero. Atualmente, o grupo gere 600 casas populares na região metropolitana da capital amazonense pelo programa Minha Casa Minha Vida Entidades.

ÁREA DE SANEAMENTO
Edson Aparecido da Silva é assessor de saneamento da Federação Nacional dos Urbanitários (FNU) e secretário-executivo do Observatório Nacional dos Direitos à Água e ao Saneamento (ONDAS). Foi um dos principais articuladores das emendas que alteraram o Marco do Saneamento.

Sindiágua-RS é a entidade que representa a estatal gaúcha de saneamento, a Corsan. Se destacam pela defesa dos interesses da categoria e da população pelo acesso à água e saneamento de qualidade.

ÁREA DE MOBILIDADE
Mirella Prosdócimo é ex-secretária da Pessoa com Deficiência de Curitiba (PR) e ajudou a implantar diversos projetos para melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Instituto MDT é uma organização não-governamental de Brasília que atua na defensa do transporte público e mobilidade urbana sustentável. Participaram da construção da Jornada Brasileira de Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU), além da promoção de cursos e capacitações na área.

The post FNA celebra homenageados no Prêmio Lucio Costa 2021 appeared first on FNA.