Your address will show here 12 34 56 78

O maior evento de arquitetura e urbanismo do mundo vai promover entre 22 e 25 de março a SEMANA ABERTA, período de debates do 27º Congresso Mundial de Arquitetura UIA2021RIO com especialistas de diversos países para discutir o tema FRAGILIDADES E DESIGUALDADES.

Os encontros serão totalmente digitais e gratuitos mediante inscrição.

A SEMANA ABERTA UIA2021RIO será de conteúdos especiais e parte integrante do 27º Congresso Mundial de Arquitetos, promovido pela União Internacional de Arquitetos (UIA), pela primeira vez no Brasil. O 27º Congresso Mundial de Arquitetos está ampliado para facilitar a participação de pessoas de todo o mundo que teriam dificuldade para estar presentes no Rio de Janeiro.

De março a junho haverá uma extensa e intensa programação virtual, aberta a todos os continentes, trilíngue. Em julho, de 18 a 22, será presencial, com transmissão online. Os maiores nomes da arquitetura e urbanismo serão palestrantes, expositores e debaterão sobre o futuro da arquitetura e da cidade.

CONHEÇA OS DEBATEDORES DA SEMANA ‘FRAGILIDADES E DESIGUALDADES’

Fabienne Hoelzel
Fabienne Hoelzel teve uma experiência na Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) do Município de São Paulo e participou no Programa de Urbanização de Favelas (2009- 2012). Ela é fundadora do Fabulous Urban, escritório de Design Urbano e Pesquisa com sede em Zurique, Suíça, e filial em Lagos, Nigéria. Fabienne comenta no debate o projeto Makoko Neighbourhood Hotspot, um centro comunitário polivalente que faz uso de biogás.

Maria Alice Rezende de Carvalho
Historiadora e socióloga, Maria Alice Rezende de Carvalho faz uma análise ampla sobre as intervenções urbanas em favelas no Brasil, destacando o contexto político. A convite da FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), Maria Alice participou da avaliação da primeira fase do Favela-Bairro, um dos mais destacados programas de urbanização de favelas, iniciado na década de 1980. Mais de 20 anos depois, a pedido do Instituto de Arquitetos do Brasil, ela elaborou um manual para ajudar os escritórios de arquitetura em seus diagnósticos sociais.

Alfredo Brillembourg
O arquiteto Alfredo Brillembourg é natural de Nova York e comanda o Urban-Think Tank (U-TT), escritório de design interdisciplinar em Caracas, na Venezuela. Seu foco é a inovação e a sustentabilidade em projetos para populações que vivem na informalidade – inclusive em razão de migrações. Em Nova York, fundou o laboratório de habitação urbana sustentável S.L.U.M. Lab.

Alejandro Echeverri
O colombiano Alejandro Echeverri é conhecido por um dos mais arrojados projetos de intervenção urbana e social – em Medellín, sua cidade natal, entre 2004 e 2008. Ele conta como a arquitetura é capaz de mudar comportamentos.

Jorge Jáuregui
O argentino Jorge Jáuregui trabalha há mais de 30 anos no Rio de Janeiro e acompanhou praticamente todas as iniciativas de urbanização de favelas já realizadas na metrópole. Além da falar sobre elas, ele também comenta as novidades de seus últimos trabalhos na República Dominicana.

 

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA ABERTA

ARQUITETURA DA INCLUSÃO SOCIAL

22/03 09H (Rio de Janeiro, GMT-3)

Fabienne Hoelzel – SUIÇA

Maria Alice Rezende de Carvalho – BRASIL

Mediadora: Mariana Barros – BRASIL

 

O QUE É MESMO PERIFERIA?

23/03 09H (Rio de Janeiro, GMT-3)

Alfredo Brillembourg – VENEZUELA – EUA

Entrevistado por Fernando Serapião – BRASIL

 

ARQUITETURA NA FAVELA

24/03 09H (Rio de Janeiro, GMT-3)

Jorge Jáuregui – ARGENTINA/BRASIL

Alejandro Echeverri – COLÔMBIA

Mediadora: Evelise Grunow

“LIVE” FRAGILIDADES E DESIGUALDADES

25/03 11H (Rio de Janeiro, GMT-3)

Com debatedores e profissionais de destaque

Saiba mais e faça sua inscrição aqui

 

The post Semana Aberta do UIA2021Rio traz especialistas mundiais para debate virtual e gratuito appeared first on FNA.

0

Os sindicatos filiados à FNA preparam uma agenda a ser integrada à programação do Congresso Mundial de Arquitetos UIA 2021, que ocorrerá em formato virtual de março a junho em etapa preparatória e terá o epicentro dos debates entre 18 e 22 de julho. Segundo a presidente da FNA, Eleonora Mascia, a proposição da federação deverá ter dois temas principais: a Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (ATHIS) e o Mundo do Trabalho. A organização de suas mesas está em construção para anúncio em breve. Uma das propostas que foi debatida na noite desta terça-feira (2/3), em encontro do Conselho de Representantes, é a possibilidade de que a agenda da FNA no congresso tenha livre acesso dos profissionais e estudantes de Arquitetura e Urbanismo.

Integrante do movimento pelo Congresso do UIA desde que o Rio de Janeiro lançou-se como aspirante à sede, a FNA participou com apoio e aportes financeiros que viabilizaram a realização do evento. Ex-presidente da FNA, o arquiteto e urbanista Jeferson Salazar lembrou aos colegas sobre o histórico de negociação que conduziu até aqui. “Foi a FNA que lançou a agenda de debates sociais e estaremos apresentando nossa agenda como contribuição ao congresso”, ponderou. Para alinhar posições sobre a agenda da federação, o Conselho de Representantes da FNA promoverá encontro extraordinário ainda sem data definida.

Durante a reunião desta terça-feira, lideranças dos sindicatos também trataram da campanha de Contribuição 2021 e de estratégias para garantir arrecadação à federação e aos sindicatos e manter os projetos em curso. Segundo a secretária de Comunicação da FNA, Fernanda Lanzarin, as primeiras peças da campanha nacional de arrecadação estão em construção e a ideia é implementar o projeto ainda em março. Segundo ela, neste momento, é essencial que os sindicatos organizem suas demandas administrativas para chegar aos associados e contribuintes.

Para facilitar o atendimento de arquitetos e urbanistas e tirar dúvidas sobre os serviços dos sindicatos, a FNA também dará início em breve a um sistema nacional de atendimento via WhatsApp. O piloto do projeto deve entrar em funcionamento nas próximas semanas.

A reunião do Conselho de Representantes da FNA também deliberou pela realização do 45º ENSA no fim de ano como forma de realizar o balanço de 2021 e manter a tradicional agenda. Inicialmente, o ENSA ocorreria de modo presencial no Rio de Janeiro de forma integrada ao UIA. Com a decisão desta noite, adiantou Eleonora Mascia, deve ser mantida a programação 100% virtual em 2021. “A estratégia foi utilizada em 2020 e garantiu sucesso de público, elevando muito a participação de arquitetos de diferentes regiões do Brasil. Seguiremos o modelo online em 2021, também em função do agravamento da pandemia”, destacou. Segundo a ex-presidente da FNA, Valeska Peres Pinto, é preciso construir esse novo modelo, aproveitando as boas experiências obtidas em 2020 e avançando sempre.

O vice-presidente da FNA, Ormy Hutner Jr, fez relato sobre os projetos do Grupo de Trabalho Jurídico, que avança com uma proposta padrão de revisão estatutária, a ser disponibilizada aos sindicatos. A próxima reunião do Conselho de Representantes da FNA ocorrerá no final de março também pelo formato online. Na ocasião, o presidente do Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas no Estado do Acre (Sindau-AC), Aluildo Oliveira, fará explanação das ações no estado, com relato de experiência.

The post Sindicatos debatem participação no UIA e Contribuição 2021 appeared first on FNA.

0