NACIONAIS

LIVE FNA UIARio2021: ATHIS, campo de atuação e o papel do arquiteto e urbanista

A Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas retorna neste mês de maio com uma intensa programação de debates durante o 27° Congresso Mundial de Arquitetos – UIARio2021. Desta vez, a programação começa no dia 19 de maio com a live ATHIS na Prática Profissional: o Encontro com a Arquitetura Popular. A agenda acontece às 17h e poderá ser assistida pelo canal da FNA no Youtube e ficará disponível no site do evento na seção “Diálogos com a Sociedade” da plataforma exclusiva do UIA2021RIO. O debate acontece paralelo à agenda aberta do UIA que neste mês abordará o eixo temático ‘Mudanças e Emergências’, entre os dias 17 e 20/05.

A live com mediação do ex-presidente da FNA e atual integrante do Conselho Consultivo da federação, Jeferson Salazar, vai reunir três arquitetos e urbanistas com ampla atuação em Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (ATHIS). Maira Rocha: ex-Conselheira Estadual do CAU/RJ (2018-2020), onde coordenou a Comissão de ATHIS, oportunidade em que, sob sua coordenação, foi criado o Edital de ATHIS e o Fórum Permanente de ATHIS. Atualmente é Conselheira Federal do CAU/BR. Também coordenou equipes de regularização fundiária em parceria com a Secretaria Municipal de Habitação em sete favelas do Rio.  Já Riva Feitoza possui capacitação em ATHIS e é CEO do escritório de arquitetura popular “Arquitetura para o Povo”. Em 2019 foi premiada pelo CAU/SE pelos serviços de arquitetura prestados à população de baixa renda. Alexandre Hodapp é membro da Peabiru Trabalhos Comunitários e Ambientais desde 2011, com atuação no Programa Morar no Centro (gestão 2001-2004) na COHAB-SP e na Diagonal Urbana, desenvolvendo projetos de HIS em reassentamentos no norte do país.

Para o arquiteto e urbanista Jeferson Salazar, está mais do que na hora de fazer valer a Lei da ATHIS 11.888/2008, que criou a Assistência Técnica Pública e Gratuita às famílias de baixa renda, e encarar que a lei é um investimento não apenas para o governo, mas para toda a sociedade brasileira. “Prestar assistência técnica adequada em projetos de construção reduz drasticamente desperdícios em mão de obra, de tempo, de recursos naturais e, também, permite às prefeituras maior controle sobre o uso do solo urbano. Os governantes têm que enxergar a ATHIS como uma porta importante de superação do abismo social”, afirma. De acordo com ele, a ATHIS também se mostra um campo de atuação profissional gigantesco para os profissionais que todos os anos saem das faculdades de arquitetura e urbanismo no Brasil, um país de imensas desigualdades sociais, de infraestrutura, habitação e saúde. “Habitação e saúde andam juntas, algo que ficou evidenciado na pandemia. Se não houver um profissional técnico no pensar e executar os projetos corre-se o risco de chegarmos aos desperdícios que falei”, pontuou. Além disso, Salazar defende que a ATHiS seja encarada cada vez mais como um campo de atuação profissional remunerado, algo diferente do que ocorria há 20 anos.

Também com foco na assistência técnica, a Federação promoverá, em junho, a live “ATHIS na Universidade/Extensão: Caminhos Trilhados e Novas Perspectivas”; e, em julho, “ATHIS e as Cidades para Inclusão: Integração das Políticas nos Territórios”.  Em julho, a FNA prossegue com lives e debates sobre os temas relacionados ao Mundo do Trabalho.

O 27° Congresso Mundial de Arquitetos se estende até julho deste ano, com conteúdos abertos e programação especial para inscritos no evento. Como parceira institucional do UIARio2021, os profissionais sindicalizados têm 20% de desconto na inscrição do 27° Congresso Mundial de Arquitetos. Informações no email fna@fna.org.br

The post LIVE FNA UIARio2021: ATHIS, campo de atuação e o papel do arquiteto e urbanista appeared first on FNA.