NACIONAIS

Paulo Mendes da Rocha ganha Medalha de Ouro 2021 da UIA

A medalha de ouro da UIA 2021 foi concedida ao arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha, “cuja obra atemporal tem marcado a arquitetura”. A entrega será feita por ocasião do Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2021RIO) em julho.

“O júri apreciou o trabalho único de Mendes da Rocha como o de um ousado iconoclasta cujo trabalho levou a arquitetura a novos patamares de virtuosismo técnico. Seu trabalho também incorpora fortes elementos pessoais e sociais de integridade, refletidos em sua habilidade de transcender fronteiras enquanto mantém um senso fundamental de lugar conectado a sua terra natal e cultura”, diz parecer do júri, que complementa: “As conquistas de Paulo Mendes da Rocha, ao longo de sete décadas, ilustram claramente um compromisso que valoriza a arquitetura como gesto público”.

Compuseram o júri, os arquitetos e urbanistas Nadia Somekh (presidente do CAU Brasil), Kai-Uwe Bergmann (Dinamarca), Eva Jiricna (República Tcheca), Victor Leonel (Angola) e Thomas Vonier (EUA).

Entre outras honrarias, Paulo Mendes da Rocha já recebeu o Prêmio Mies van der Rohe de Arquitetura Latino-americana em 2000; o Prêmio Pritzker (“o Nobel da Arquitetura”) em 2006; o Leão de Ouro da Bienal de Veneza de 2016; o Imperiale Praemium (Prêmio Mundial de Cultura em Memória de Sua Alteza Imperial o Príncipe Takamatsu do Japão), também em 2016; e a Medalha de Ouro Real de 2017 do Royal Institute of British Architects (RIBA).

Paulo Mendes da Rocha, atualmente com 92 anos de idade, é um dos expoentes da chamada “escola paulista”, grupo de arquitetos modernistas liberado por Vilanova Artigas. São de sua autoria projetos como o Museu Brasileiro da Escultura (MuBE), a reforma da Pinacoteca do Estado e, em conjunto com o filho Pedro, o Museu da Língua Portuguesa, todos em São Paulo. Entre seus trabalhos mais recentes estão o novo Museu dos Coches, em Lisboa (Portugal), aberto ao público em 2015, e o Sesc 24 de Maio, em São Paulo, inaugurado em 2017. Ele também projetou o Cais das Artes, em Vitória (Espírito Santo), sua cidade natal, em construção.

Criada em 1984, a Medalha de Ouro UIA reconhece as realizações arquitetônicas de destaque por um arquiteto ou grupo de arquitetos, levando em consideração o conjunto de obra construído ao longo de um período prolongado. Dentre os vencedores anteriores incluem-se o japonês Toyo Ito, o italiano Renzo Piano, o sino-estadunidense I.M., o português Álvaro Siza e o espanhol Rafael Moneo (ver relação completa abaixo).

Em 2016, aliando-se às homenagens prestadas por ocasião do recebimento do Leão de Ouro da Bienal de Veneza, o CAU Brasil lançou um hotsite especial contando a vida a obra de Paulo Mendes da Rocha. Navegue pelo hotsite para conhecer mais sobre ele e sua obra:

Home – “Intelectual inconformado, arquiteto desafiador e humanista apaixonado. Uma “lenda vida”
Biografia – O pai engenheiro e Vilanova Artigas, esteios da formação do arquiteto
Projetos – Projetos em destaque
Linha do Tempo – Vida profissional e obra completa
Prêmios – Um colecionador de prêmios 
Entrevista – Sem entre linhas (entrevista para o CAU/SP)
Vilanova Artigas – O Paulo, seu pai e o meu pai (por Rosa Artigas)
Depoimentos – Colegas falam de Paulo Mendes da Rocha
Vídeos – Documentário, palestras e entrevistas
Links – Links de matérias e artigos sobre Paulo Mendes da Rocha
Bibliografia – Livros sobre o arquiteto

Fonte: CAU/BR
Foto em destaque: Ana Ottoni

The post Paulo Mendes da Rocha ganha Medalha de Ouro 2021 da UIA appeared first on FNA.